SEJA BEM VINDO AO MEU BLOG...





PLÁGIO É CRIME



POEMAS REGISTRADOS




quarta-feira, 14 de julho de 2010

Sua Lembrança

Meu corpo que sangra
Ainda sente a sua falta
Definha lentamente
Apagando o que passou
Na minha triste memória
Agora só resta você
Só existe o seu rosto
na frente dos meus olhos
Te vejo e te sinto
Minha alma gelada ferve
Com a sua presença
Meu corpo treme de saudade
Sua lembrança
É a minha fortaleza
Grito por dentro
E chamo pelo seu nome
Onde estás?
Venha me buscar, amor
Não espere o meu tempo acabar


4 comentários:

  1. EXÓTICA
    Autor : Carlos H. Rangel

    Meu corpo clama:
    Me ama
    Deixa eu mergulhar
    No quase profundo
    Fosso carnal
    Essa minha fome
    Animal.

    Deixa eu lamber
    Um pouco do sal
    Que te cobre o corpo
    E me queimar em
    Sua febre natural...
    Meu corpo clama
    Pelo gozo mútuo
    Sem vergonha
    Sujando colchas
    Lençóis e fronhas.


    Meu corpo clama
    Me ama
    Me arranha com sua gana
    Me leva para sua cama
    E me faz viver uma noite
    Santa ao som
    De música profana...

    ResponderExcluir
  2. Adorei o seu poema... O meu brinca com o corpo mas o seu é lindo.

    ResponderExcluir
  3. Lindo poema!linda imagem......Perfect!

    ResponderExcluir
  4. eu tbm escrevo poemas goticos ,gostei mto dos seus se de entra no meu orkut
    juholiveira_44@hotmail.com

    ResponderExcluir