SEJA BEM VINDO AO MEU BLOG...





PLÁGIO É CRIME



POEMAS REGISTRADOS




segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Morte

Saudade jorra neste leito
o veneno do seu beijo
Morte voa pelo tempo
leva o beijo, o desejo
Desperta a alma e seus anseios
do medo ela foge
do desejo se esconde
Vagueia no relento
onde a morte nos acode
 
 

6 comentários:

  1. É a vida que desejo
    quando nada mais resta no peito.
    Nenhum suspiro...
    Não respiro...
    E sou carente de vida,
    essa que beira a morte
    em cada esquina...
    Sou carente de vida...
    e minhas mãos invisíveis
    perseguem o quente halito
    dos se movem sobre a Terra.
    Tenho fome...
    E não como mais...
    Tenho sede
    e nada bebo...
    Eu que passei
    invejo os que estão passando...
    (Carlos Henrique Rangel)

    ResponderExcluir
  2. LETICIA SEU BLOG É ENCANTADOR, ALÉM DE POEMAS PROFUNDOS E BELOS.

    ResponderExcluir
  3. Oi Letícia,
    Curti os teus poemas. Muito original.
    Também sou poeta e sigo a linha gótica.
    Meu blog:

    http://www.doneli.com.br/

    Acabo de lançar meu primeiro livro:

    http://www.clubedeautores.com.br/book/166409--DITIRAMBICOS____CATALEPTICOS#.U6cga_ldXD8

    Dá uma olhada!

    Obrigado.

    ResponderExcluir
  4. Lindos seus poemas, uma inspiração oculta !!

    ResponderExcluir
  5. Lindos seus poemas, uma inspiração oculta !!

    ResponderExcluir