SEJA BEM VINDO AO MEU BLOG...





PLÁGIO É CRIME



POEMAS REGISTRADOS




segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Morte

Saudade jorra neste leito
o veneno do seu beijo
Morte voa pelo tempo
leva o beijo, o desejo
Desperta a alma e seus anseios
do medo ela foge
do desejo se esconde
Vagueia no relento
onde a morte nos acode
 
 

8 comentários:

  1. É a vida que desejo
    quando nada mais resta no peito.
    Nenhum suspiro...
    Não respiro...
    E sou carente de vida,
    essa que beira a morte
    em cada esquina...
    Sou carente de vida...
    e minhas mãos invisíveis
    perseguem o quente halito
    dos se movem sobre a Terra.
    Tenho fome...
    E não como mais...
    Tenho sede
    e nada bebo...
    Eu que passei
    invejo os que estão passando...
    (Carlos Henrique Rangel)

    ResponderExcluir
  2. LETICIA SEU BLOG É ENCANTADOR, ALÉM DE POEMAS PROFUNDOS E BELOS.

    ResponderExcluir
  3. Oi Letícia,
    Curti os teus poemas. Muito original.
    Também sou poeta e sigo a linha gótica.
    Meu blog:

    http://www.doneli.com.br/

    Acabo de lançar meu primeiro livro:

    http://www.clubedeautores.com.br/book/166409--DITIRAMBICOS____CATALEPTICOS#.U6cga_ldXD8

    Dá uma olhada!

    Obrigado.

    ResponderExcluir
  4. Lindos seus poemas, uma inspiração oculta !!

    ResponderExcluir
  5. Lindos seus poemas, uma inspiração oculta !!

    ResponderExcluir
  6. Lindos seus poemas, uma inspiração culta !!

    ResponderExcluir