SEJA BEM VINDO AO MEU BLOG...





PLÁGIO É CRIME



POEMAS REGISTRADOS




domingo, 3 de julho de 2011

Vá em paz

Derramei sobre o teu corpo
as lágrimas de um adeus
 lágrimas reprimidas de um ser
que nunca pode lhe dizer
Vá em paz, até o último amanhecer
Manhã de luto, sem você
Que a sua alma veja este poema
e cure todo o mal que lhe afetou
Neste corpo morto onde te vejo
Só peço que descance em paz
e que a chuva leve consigo
toda a dor que a vida lhe causou


De: Lê
Para: Y

4 comentários:

  1. lindo mesmo
    nossa me fez lembrar da minha mãe :(
    lindo seu blog!
    da um pulinho lá no meu se gostar se inscreve lá beijosssss

    http://feminina-femiinina.blogspot.com/

    ResponderExcluir