SEJA BEM VINDO AO MEU BLOG...





PLÁGIO É CRIME



POEMAS REGISTRADOS




sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Maldito Natal

Não há natal que me faça esquecer
Meu tormento
Nem mesmo o dia mais esperado do ano
Em que as pessoas se reúnem
Apenas por obrigação
Maldito natal
Que faz transparecer a falsa alegria
Numa ceia ridícula
Cheia de luzes que ferem os meus olhos
E despertam minhas lembranças ruins
Que tento esquecer
Abraços e sorrisos
que dão vida a minha fúria
Dia de desgraça
Que sempre termina aos prantos
O velho pançudo chega para à todos alegrar
E traz com ele temíveis recordações
Para minha vida infernizar
Natal horrendo
Nascimento de Cristo e morte minha
Acontecimentos opostos
Que chegam todo ano para me afrontar

3 comentários:

  1. [aaaaaa] É O PRIMEIRA COISA QUE PRESTA DE TODAS ESSAS POSTAGENS SOBRE NATAL! ODEIO ISSO! PARABÉNS! SEGUINDOO FAZ TEMPO, E AGORA Q EU SIGO MESMOO!!!! BJOOO

    ResponderExcluir
  2. quera ter um contato cm vc leticia... tenho um blog gotico, e meu noivo tbm tem acho q a gente poderia trocar umas ideia!

    obrigada
    bjs sangrentos

    ResponderExcluir